brends Diário livros ReadList Resenhas

A Última Carta de Amor

8 de Fevereiro de 2016

Continuando o bloco das resenhas nesse Carnaval! Cheguei com mais um livro de Jojo Moyes, autora dos livros que já resenhei por aqui, Como eu era antes de você e Depois de você. Esse é um livro que enrola, mas diz pra que veio <3

Sinopse:

Londres, 1960. Ao acordar em um hospital após um acidente de carro, Jennifer Stirling não consegue se lembrar de nada. Novamente em casa, com o marido, ela tenta sem sucesso recuperar a memória de sua antiga vida. Por mais que todos à sua volta pareçam atenciosos e amáveis, Jennifer sente que alguma coisa está faltando. É então que ela descobre uma série de cartas de amor escondidas, endereçadas a ela e assinadas apenas por “B”, e percebe que não só estava vivendo um romance fora do casamento como também parecia disposta a arriscar tudo para ficar com seu amante. Quatro décadas depois, a jornalista Ellie Haworth encontra uma dessas cartas endereçadas a Jennifer durante uma pesquisa nos arquivos do jornal em que trabalha. Obcecada pela ideia de reunir os protagonistas desse amor proibido — em parte por estar ela mesma envolvida com um homem casado —, Ellie começa a procurar por “B”, e nem desconfia que, ao fazer isso, talvez encontre uma solução para os problemas de seu próprio relacionamento. Com personagens realísticos complexos e uma trama bem-elaborada, A última carta de amor entrelaça as histórias de paixão, adultério e perda de Ellie e Jennifer. Um livro comovente e irremediavelmente romântico.

O que eu achei?

giphyf

Eu adoro encarar livros que falam do mesmo assunto em duas épocas diferentes. No caso desse livro temos duas protagonistas Ellie Haworth que vive nos anos 2000 e Jennifer Stirling que vive na década de 60. Gostei que a autora criou um ritmo para o livro, sempre calmo e sem pressa… O que leva o leitor a realmente entender cada detalhe da história. Entre cada capítulo, ainda podemos conferir mensagens lindas de amor! O livro tem como temática os desencontros de um casal apaixonado. E como eu detesto enrolação, só me resta dizer que esse é o ponto fraco que encontrei.

5b4076484b87460cbbfa5c522e958cee

Mas além de muito romance, foi possível entender como cada visão das nossas personagens funcionavam. Mesmo em épocas diferentes e estando cara a cara. Outro ponto forte do livro é poder ver os avanços pelas quais as mulheres passaram com o decorrer do tempo. Diante de cada capítulo foi possível duas mulheres diferentes superar a vida para alcançar a felicidade bem diante dos nossos olhos. Entre a narrativa da Jennifer pós acidente, da Jennifer antes do acidente e de Ellie, os fatos vão se entrelaçando até o momento em que as vidas das duas personagens principais se conectam.

tumblr_lpgzmxE7i81qcie43o1_500

Ao mesmo tempo em que conhecemos Ellie Haworth, uma jornalista que luta pelo sucesso da sua carreira, é solteira porém que se envolve com um homem casado e que se sustenta com seu próprio salário. Do outro lado temos Jennifer Stirling, que depende financeiramente de seu marido rico, mora em uma casa imensa e com um vasto guarda-roupa para sempre se apresentar com a sua ótima aparência e causar uma boa impressão nos encontros sociais e acaba se envolvendo com um romântico jornalista que enxerga mais nela que ela mesma.

Para concluir, você só vai saber o final da história de amor de cada uma dessas mulheres se conseguir se entregar ao livro como eu. Nas últimas páginas os personagens se entrelaçam e a autora entrega finalmente o livro com um rumo bem maravilhoso.
True-Stories-Behind-Letters-Juliet
Esse é um livro para aquelas amigas que amam romance. E eu achei INCRÍVEL como a história foi similar a um filme que eu amo! CARTAS PARA JULIETA. Trailer a seguir.

E você lembra qual foi a última carta que escreveu? Eu lembro pelo menos das últimas 20 <3

Compart. 0

You Might Also Like

No Comments

Comentários