Resenhas

A Traidora do Trono [A Rebelde do Deserto #2] – Alwyn Hamilton

12 de abril de 2017

A resenha de hoje fica com um livro que esperei muito pra ler!

No livro anterior: “A Rebelde do Deserto“, acompanhamos Amani & Jin, se conhecendo e deixando o deserto de Miraji para trás. E lado a lado com a protagonista descobrimos que Jin não é um simples forasteiro e sim um dos príncipes que foram exilados do palácio! Jin apoia seu irmão mais conhecido como: o Príncipe Rebelde, que luta para tirar o Sultão(Big Daddy) do poder.  E além de conhecer e passar a apoiar os rebeldes, Amani faz uma grande descoberta sobre si mesma: ela é um demdji!!!!!!!!!! Filha de um djinni**com uma mortal, o que significa que como os que apoiam o Príncipe Rebelde, Ahmed, ela também tinha um dom.
**Djinni – ser primordial do deserto, naturalmente hábeis com manipulações e ilusão, e seus filhos herdam algo de seus poderes que vem dos ventos e do calor do deserto.

 

Sinopse:

Amani Al’Hiza mal pôde acreditar quando finalmente conseguiu fugir de sua cidade natal, montada num cavalo mágico junto com Jin, um forasteiro misterioso. Depois de pouco tempo, porém, sua maior preocupação deixou de ser a própria liberdade: a garota descobriu ter muito mais poder do que imaginava e acabou se juntando à rebelião, que quer livrar o país inteiro do domínio do sultão. Em meio às perigosas batalhas ao lado dos rebeldes, Amani é traída quando menos espera e se vê prisioneira no palácio. Enquanto pensa em um jeito de escapar, ela começa a espionar o sultão. Mas quanto mais tempo passa ali, mais Amani questiona se o governante de fato é o vilão que todos acreditam.

O que eu achei…

Uma nova alvorada 
Um novo deserto

Após muito tempo, a Rebelião está tendo um resultado positivo. Conseguindo apoio do povo e tomando cidades que antes estavam sobre o poder do Sultão. Faltando pouco para um grande ataque com a finalidade de tomar o palácio, e aproveitar que o Sultão estava focado em outros problemas para resolver, os rebeldes nem imaginavam que o líder de Izman pudesse prejudicá-los.
E toda a glória que os rebeldes tinham se foi. Pessoas morrem e traições ocorrem sem parar, ainda assim o Sultão continuava forte como nunca antes. E Amani ainda é levada para dentro do palácio e a personagem acaba sendo sujeita a inúmeros acontecimentos por ser uma djinnis, como por exemplo não poder usar seus poderes!
Este livro foi surreal demais, a cada página que virava era um tiro, a autora sabe muito bem como nos surpreender, e trazer coisas inovadoras pra dentro da história. Amani está maravilhosa claro né, entrou para o meu TOP 10 personagens femininas poderosas só por ser uma personagem forte e leal durante todo o livro. Se em A Rebelde do Deserto descobrimos como a personagem é uma arma de fogo, e com todo deserto em suas mãos, aqui em A Traidora do Trono, vamos ver a garra da protagonista para sobreviver em lugar totalmente diferente e sem o conhecimento que tinha enquanto estava no Deserto.
O livro está CHEIO de traições, mortes, romance, GRANDES descobertas e batalha pra todo o lado! Será que Amani vai sobreviver dentro do domínio do Sultão? Como que Amani vai ficar longe de Jin e de seus amigos Rebeldes?
Se você ama fantasia e uma história totalmente diferente de todas as outras, você vai amar e muito A Traidora do Trono. Não percam tempo, e simplesmente leiam! Se surpreender é a melhor parte!

Agora vamos aguardar notícias do livro seguinte com o coração na mão? SIIIMMM!

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

You Might Also Like

No Comments

Comentários