Resenhas

A Prisão do Rei, Victoria Aveyard

17 de Abril de 2017

Para quem ainda não leu as resenhas anteriores, já falei de A Rainha Vermelha e A Espada de Vidro por aqui e agora chegou finalmente a vez de ler A Prisão do Rei, sei que já lançou faz tempo porém esse livro não estava em primeiro lugar na minha lista de leitura desde que descobri que ele não seria trilogia. Como eu já havia lido muitas resenhas sobre ele, pude perceber que em NENHUMA eu li que o livro era inesquecível e maravilhoso, o que me desanimou e muito a continuar a leitura. Mas como não fugi da minha lista de livros para ler criei coragem pra enfrentar esse livro longo e monótono, vamos acompanhar as minhas impressões do 3 livro da série A Rainha Vermelha:

Sinopse

Mare Barrow foi capturada e passa os dias presa no palácio, impotente sem seu poder, atormentada por seus erros. Ela está à mercê do garoto por quem um dia se apaixonou, um jovem dissimulado que a enganou e traiu. Agora rei, Maven continua com os planos de sua mãe, fazendo de tudo para manter o controle de Norta — e de sua prisioneira. Enquanto Mare tenta aguentar o peso sufocante das Pedras Silenciosas, o resto da Guarda Escarlate se organiza, treinando e expandindo. Com a rebelião cada vez mais forte, eles param de agir sob as sombras e se preparam para a guerra. Entre eles está Cal, um prateado em meio aos vermelhos. Incapaz de decidir a que lado dedicar sua lealdade, o príncipe exilado só tem uma certeza: ele não vai descansar enquanto não trouxer Mare de volta.

Resenha

{PODE CONTER SPOILERS DOS LIVROS ANTERIORES DA SÉRIE “A RAINHA VERMELHA”}

Mare está presa! Assim que começamos a leitura essa é a nossa única pista do que vem por aí. E tem como ser pior? Além de ser mantida sob o domínio de Maven, nossa querida protagonista está sem seus poderes e ainda assim continua sendo a garota elétrica. Infelizmente nesse livro eu fui super TEAM Maven, tenho até vergonha porém Cal não foi nada menos que MUITO BABACA nesse livro, isso veremos logo mais.
Imagina o que é ser a prisioneira vermelha protegida do rei prateado? Tendo como inimiga, Evangeline a noiva mais macabra hahah! Maven ama Mare só que esse amor é cada vez mais sombrio! E quando lemos o porque de Maven ser assim tão podre como a mãe, você só quer abraçar o coitado no colo e não soltar nunca mais! Nesse momento cheio de honestidade Mare aprende mais sobre Maven, e procura brechas dentro dele para tentar escapar.

Sobre os personagens nesse terceiro volume da saga só vale a pena mencionar Maven, se isso é favoritismo eu nem sei… Só sei que mesmo ele sendo o grande vilão da história ele consegue cativar alguns leitores, tanto que faz tempo que não vejo as pessoas levantarem bandeira de TEAM por aí haha. As leituras passadas me fizeram totalmente TEAM CAL, e um livro só conseguiu derrubar tudo me fazendo um pouco TEAM MAVEN. Percebi que de uma vez por todas Maven é apenas um garoto assustado que se entrega ao poder que é a única coisa que ele de fato conhece.

E Cal? Poderia pular a participação dele nesse livro??? Mesmo sendo traído, arrancado de seu trono e ter sofrido o pão que o diabo amassou eu não consigo sentir mais afeto por ele! E juro que eu tentei muito! E nesse livro, a cada decisão que ele tomava eu sentia vontade de entrar no livro pra socar a cara de pau dele!

Nesse livro conhecemos ainda mais a mente de Evangeline Samos e acho justo eu afirmar que nunca imaginava que ela pensasse o que li! Foi bem chocante pra falar a verdade. Mesmo sendo a temida e tudo mais, amei como ela anseia por uma liberdade que nem pode controlar! Ela quer mesmo ser rainha?

A história desse livro nos ajuda a descobrir mais. Saber como a mente de alguns personagens funcionam e também para traçar possíveis futuros pra saga. Mas já aviso logo, cuidado com as teorias, a autora é audaciosa e adora uma traição! Algo que sempre faz sentido para essa série de livros é: O jogo sempre pode virar…

Uma beleza tão simples não tem lugar aqui sem ser corrompida pelo sangue, pela ambição ou pela traição.

Espero que o próximo livro seja SURPREENDENTE, só assim consigo esquecer o fiasco que foi ler A Prisão do Rei.

Salvar

Compart. 0

You Might Also Like

No Comments

Comentários